Workshops, Adoração e Noite Cultural foram destaques no segundo dia do ERECRI

2 2Na tarde do segundo dia do ERECRI – Encontro Regional para Evangelizadores de Crianças que está acontecendo em João Pessoa-PB, foram ministrados Workshops com diversos ensinos: “Ministério para Crianças e Catequese; Missa para crianças”, “Menino Jesus no Litoral”, “Evangelização com Teatro”, “Cura Interior”, “Querigma”, “Plantar e Colher; Amigos de Deus”, “Evangelização de bebês”, “Como começar um Grupinho de Oração”, “Menino Jesus nas Ruas”, “Evangelização nos hospitais”, “Baladinha Santa”, “Música e Musicalidade” e “Brinquedos e Brincadeiras”.

A noite iniciou-se com um momento de Adoração ao Santíssimo Sacramento, onde, além de Adorar Jesus, as pregadoras ensinaram como adorá-Lo com as crianças. Em seguida, aconteceu uma Celebração da Palavra, presidia por Cleodé Lúcio, Membro da Equipe Arquidiocesana da RCCPB. “Devemos aprender com o Menino Jesus para depois ensinar como Ele”, enfatizou.3 1

Logo após, para encerrar o dia de sábado, aconteceu a Noite Cultural com apresentações de dança e teatro de alguns Grupinhos de Oração da Região Nordeste, além da apresentação da Quadrilha Junina Flor de Lírio da Comunidade Lírios do Vale de João Pessoa-PB e da Quadrilha da Salvação, conduzida por Enelyram Ferreira, Secretária da RCC Arquidiocese da Paraíba, Anabelly Medeiros, Coordenadora do Ministério para Crianças da RCCPB e Milton, Assessor de Dança e Teatro da RCCPB.

Poliana Maria do Grupo de Oração Coração do Infinito Amor da Arquidiocese da Paraíba falou sobre o momento de adoração. “Foi um momento de total entrega da nossa vida ao Menino Jesus. Entregamos tudo aquilo que nós somos: os nossos sentimentos, pensamentos, palavras, projetos, 1 1sonhos, na confiança de que fomos acolhidos no Sagrado Coração de Jesus”, afirmou.

Raiana Helena do Grupo de Oração Anuncia-Me com Maria da Arquidiocese de Olinda e Recife comentou sobre a Noite Cultural. “Eu achei um momento maravilhoso. A ideia legal de unir a música regional com a Palavra do Senhor, incluindo também a dança cristã. O forró, a música regional tem muitas características boas, podemos unir tudo isso à evangelização. Eu irei levar esta experiência para o meu Grupo de Oração”, concluiu.

Por Ministério de Comunicação Social da RCCPB