RCC do Brasil propõe mês missionário para todos os membros do Movimento

“O Espírito Santo descerá sobre ti” (Lc1,35) é o tema que a RCC de todo o Brasil medita em 2017. Na passagem, Maria, ao ser visitada pelo Arcanjo Gabriel, recebe essa promessa que todas as coisas se darão depois que o Espírito Santo descer sobre Ela. Após o sim que mudara a humanidade, Nossa Senhora, já plenificada da presença do Espírito, corre apressadamente para servir Isabel, Maria vai às pressas para a missão.

Desta mesma forma, de maneira muito especial e intensa nesse mês de outubro, todos os carismáticos brasileiros são chamados a se organizarem em equipes e saírem pelas ruas dos municípios proclamando Jesus. As missões têm o intuito de anunciar o nome do Senhor aos mais necessitados, especialmente nos lugares menos privilegiados. Em 2016, durante a homilia na missa de abertura do Encontro Nacional de Formação de Coordenadores e Ministérios (ENF), Dom Alberto Taveira, assessor eclesiástico da RCCBRASIL, convidou a RCC a se posicionar de maneira missionária nos espaços pouco alcançados pela evangelização: “Eu quero propor que a Renovação Carismática prefira lugares mais difíceis (...) indo ao encontro dos mais pecadores e mais sofredores”, convocou o bispo.

Mais tarde, no início do ano Jubilar (2017), também em uma missa no ENF, Dom José Aparecido, bispo auxiliar de Brasília, lançou o convite mais uma vez para os carismáticos assumirem a missionariedade como forma de vida: “Que a celebração dos 50 anos não se torne uma celebração nostálgica de um passado bonito, mas seja um impulso renovado para a missão”.

A missão é um forte apelo da Igreja para esse tempo. Em outubro, de maneira mais intensa ainda, a RCCBRASIL busca respondê-lo. Todos os carismáticos são chamados a participarem nas suas paróquias, bairros e dioceses, evangelizando a muitos e levando a experiência do Batismo no Espírito Santo a milhares de pessoas por esse país afora.

Aos carismáticos, o Papa Francisco disse em 2014 que é necessário que a RCC partilhe com todos a graça do Batismo no Espírito Santo, saindo pelas ruas para evangelizar, anunciando que Jesus é vivo e ama todas as pessoas.

Já na Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, o Sumo Pontífice destacou que essa evangelização é para todos: “Fiel ao modelo do Mestre, é vital que hoje a Igreja saia para anunciar o Evangelho a todos, em todos os lugares, em todas as ocasiões, sem demora, sem repugnâncias e sem medo. A alegria do Evangelho é para todo o povo, não se pode excluir ninguém”.

Avante! Organize sua equipe! Leve a proposta para seu Grupo de Oração, diocese... A evangelização é uma necessidade urgente para esse tempo. Seja você também um evangelizador e contribuinte para que a graça de Deus alcance muitos irmãos e irmãs do país!

“Na Palavra de Deus, aparece constantemente este dinamismo de «saída», que Deus quer provocar nos crentes. Abraão aceitou a chamada para partir rumo a uma nova terra (cf. Gn 12, 1-3). Moisés ouviu a chamada de Deus: «Vai; Eu te envio» (Ex 3, 10), e fez sair o povo para a terra prometida (cf. Ex 3, 17). A Jeremias disse: «Irás aonde Eu te enviar» (Jr 1, 7). Naquele «ide» de Jesus, estão presentes os cenários e os desafios sempre novos da missão evangelizadora da Igreja, e hoje todos somos chamados a esta nova «saída» missionária. Cada cristão e cada comunidade há de discernir qual é o caminho que o Senhor lhe pede, mas todos somos convidados a aceitar esta chamada: sair da própria comodidade e ter a coragem de alcançar todas as periferias que precisam da luz do Evangelho” (Papa Francisco, Exortação Apostólica Evangelii Gaudium).